Centelha

Solarkiosk – quiosques solares

A demanda por eletricidade só cresce. Não é para menos, a população só cresce e nossa dependência pelos eletrônicos também. Cada vez mais aparelhos, com mais funções, exigindo mais energia. Agora imagine isso em países sub ou em desenvolvimento, que ainda por cima, não dispõem de uma infraestrutura que permita seus habitantes “apenas” conectarem os plugues nas tomadas!!
A Solarkiosk é uma startup alemã (sede em Berlim) operando desde 2011, fundada por Andreas Spiess e a GRAFT Architects desenvolveu um sistema de quiosques alimentados por energia solar. Os primeiros projetos foram implementados em 2012 em áreas remotas na Etiópia e no Quênia, desde então, já foram implementados aproximadamente 200 projetos em 11 países em todo o mundo. Em 2016, conseguiram integrar suas soluções para o funcionamento de uma clínica e uma escola para refugiados na Jordânia.

Montagem de um E-HUBB na Etiópia – © SOLARKIOSK

Montagem de um E-HUBB no Quênia – © SOLARKIOSK

Como missão, projetam, desenvolvem e implementam “soluções solares” combinadas com modelos de negócios impactantes para países/mercados em desenvolvimento. Juntos com a Graft Architects desenvolveram uma unidade de negócios autônoma que utiliza um kit customizado de acordo com as necessidades impostas pelo local onde serão utilizadas.
Essas unidades são modulares que, desta forma, podem ter tamanhos diferentes atendendo diferentes necessidades comerciais e de energia, os módulos podem também ser agrupados para criar sistemas ainda maiores. A fabricação dos painéis solares é centralizada (para garantir o controle de qualidade) enquanto os módulos das unidades podem ser fabricados localmente utilizando materiais disponíveis nas localidades. As unidades possuem um sistema de montagem rápido, permitindo um também rápido funcionamento do negócio. As unidades podem ser montadas em áreas remotas e/ou rurais sem acesso à rede elétrica já que utilizam energia solar para o seu funcionamento.
Na Jordânia, a “Clínica Solar Conectada” (Connected Solar Clinic) como eles chamam, foi implementada na cidade de Mafraq, em parceria com a Siemens Stiftung e a Siemens Healthcare, é operada pelo Ministério da Saúde da Jordânia e consiste em uma estrutura de 8 kWp. A unidade fornece energia para uma série e dispositivos/aparelhos: controle de temperatura (através de dispositivos de aquecimento e ar-condicionado); laboratório de hematologia; aparelho de ultrassom; dispositivo de análise de urina; geladeira para vacinas; luzes internas e externas; um sistema de alarme; roteador para conectividade Wi-Fi e computador conectado a uma plataforma de saúde digital.

Clínica Solar na Jordânia – © SOLARKIOSK

Clínica Solar na Jordânia – © SOLARKIOSK

Clínica Solar na Jordânia – © SOLARKIOSK

Já em Bangladesh, na cidade de Cox Bazar, a Solarkiosk, juntamente com a 8minutenergy/Abundant Future Organization e a HOPE Foundation, inauguraram cinco mini clínicas movidas a energia solar nas comunidades de refugiados de etnia rohingya. Cada uma com 2kwP, equipada com ar-condicionado, geladeiras para medicamentos e vacinação, ECG e outros dispositivos de teste e salas de tratamento.

Clínica Solar em Bangladesh – © SOLARKIOSK

E-HUBB
O carro-chefe da Solarkiosk é o E-HUBB que, desde a fundação, implantou mais de 250 quiosques com energia solar. Foram instalados na Etiópia, Quênia, Botsuana, Tanzânia, Ruanda, Gana, Jordânia e Bangladesh. O sistema pode fornecer energia e conectividade, alimentando desde mini clínicas até escolas, oferecendo purificação de água, com um fornecimento constante de eletricidade para diversos equipamentos. A estrutura permite o acoplamento de uma extensão para que sejam adicionados mais painéis solares. No site da empresa também são oferecidos outros produtos como painéis solares e outros equipamentos.

E-HUBB – © SOLARKIOSK

E-HUBB – © SOLARKIOSK

Com base em projetos anteriores baseados no E-HUBB, a Solarkiosk desenvolveu um laboratório de testagem para COVID-19, HIV, malária, tuberculose, infecções pulmonares, hepatites, infecções urinárias, infecções otorrinolaringológicas, diabetes, síndrome nefrótica etc. O sistema pode ser montado em poucos dias, vem equipado com laboratório de diagnóstico de última geração, medicina molecular e digital fornecidos pela empresa alemã de tecnologia médica Siemens Healthineers. Todos os aparelhos são alimentados por energia solar com armazenamento de última geração através de baterias LiFePO4 de longa duração para uso noturno com um inversor solar híbrido e sistemas de carregamento de baterias. A água quente para a higiene disponível através de caldeiras movidas a energia fotovoltaica. O pacote de implementação inclui treinamento de pessoal de laboratórios móveis com base nos procedimentos padrão estabelecidos pelo Instituto das Nações Unidas para Treinamento e Pesquisa (UNITAR).

Clínica Solar – © SOLARKIOSK

Laboratório de testes – © SOLARKIOSK

Reconhecimento
A empresa já recebeu vários prêmios internacionais como o New Energy Pioneer 2016 da Bloomberg New Energy Finance; Prêmio Zayed de Sustentabilidade 2020 na categoria Energia; Erasmus Energy Business Award (2015) que escolhe as melhores e mais inovadoras ideias de negócios sustentáveis entre outras premiações.

 

FONTE(S):
Solarkiosk

Download WordPress Themes Free
Download Premium WordPress Themes Free
Download WordPress Themes Free
Premium WordPress Themes Download
free download udemy course
download coolpad firmware
Download WordPress Themes Free
free download udemy course