Centelha

Nike – Zerando

Move to Zero

No segundo semestre de 2019 a gigante Nike lançou o programa “Move to Zero”, um plano abrangente de sustentabilidade desenvolvido para “ajudar a proteger o futuro do esporte”. O programa baseia-se em esforços existentes em toda a empresa, incluindo o objetivo de abastecer as suas instalações com energia 100% renovável até 2025 e a zerar as emissões líquidas de carbono em suas operações.

© NIKE

Estamos presenciando mudanças na temperatura terrestre dia após dia. Em todo o mundo, o número de dias acima de 32,2° C (90° F) aumentou quase 25% desde os anos 80. Para atletas de todas as disciplinas, as mudanças climáticas têm impactos nos seus treinamentos, áreas de treino e prática e, consequentemente, na sua performance. Para os praticantes de esportes de neve, existe o risco de perda literal de áreas da prática do esporte, por exemplo, o número médio de dias de snowboard de qualidade em todo o mundo diminuiu 7% nos últimos 30 anos. Em 2050, esses dias poderiam encolher de 11 a 22%.

© NIKE

“Move to Zero” é uma resposta a essas realidades. Inclui compromissos como a eliminação de plásticos de uso único (descartáveis) nos campi da Nike em todo o mundo. Esses esforços se juntam a programas de desenvolvimento de materiais que, desde 2010, evitaram que 6,4 bilhões de garrafas plásticas fossem parar em aterros sanitários e a centros de logística com energia renovável.

© NIKE

© NIKE

Mais especificamente, como empresa, o programa trabalha para minimizar a pegada ambiental da Nike e, como marca, trabalha para maximizar os caminhos para um impacto positivo.

As principais iniciativas são:

  1. A Nike abastecerá com 100% de energia renovável suas instalações até 2025.

Centro de distribuição (Ham, Bélgica) que opera com energia eólica, solar, geotérmica, hidrelétrica e com biomassa – © NIKE

  1. A Nike reduzirá as emissões de carbono em toda a sua cadeia global de suprimentos em 30% até 2030, em conformidade com o Acordo de Paris de 2015.
  2. A Nike desvia dos aterros sanitários, 99% de todos os resíduos de fabricação de calçados.
  3. Além disso, a Nike também desvia mais de 1 bilhão de garrafas plásticas por ano dos aterros para criar fios para novas camisas e para os calçados da linha Flyknit.
  4. Os programas Reuse-A-Shoe e Nike Grind convertem resíduos em novos produtos, playgrounds, pistas de corrida e quadras.

Tendo como objetivos tornar o mundo melhor para todos os atletas, ajudando a proteger o futuro do esporte e se posicionando contra as mudanças climáticas, a linha de calçados Space Hippie (vide post: Nike – Space Hippie) aproxima a empresa desse objetivo, transformando resíduos do chão de fábrica em uma expressão radical de design circular.

Nike Flyknit

Com uma média de 60% menos desperdício do que na fabricação dos cabedais de calçados tradicionais (parte superior dos calçados). Cerca de 4,5 milhões de resíduos deixaram de seguir para os aterros sanitários desde 2012, além das garrafas de água já citadas.

© NIKE

Nike Air

As solas Nike Air projetadas desde 2008, contêm pelo menos 50% de resíduos de fabricação reciclada e são fabricadas com 100% de energia renovável. São reutilizados cerca de 90% dos resíduos de materiais das solas do Air para criar novos e inovadores sistemas de amortecimento.

© NIKE

© NIKE

Nike Flyleather

Fabricado com pelo menos 50% de fibra de couro reciclada, é produzido através de um processo inovador com uma pegada de carbono menor se comparado à produção do couro tradicional. Como pode ser produzido em rolos, o Nike Flyleather melhora a eficiência do corte e gera menos desperdício do que os métodos tradicionais de corte e costura para couro do tipo full-grain. Além disso, é 40% mais leve e 5x mais resistente à abrasão, também comparados ao full-grain.

© NIKE

Poliéster reciclado

Feito de garrafas plásticas recicladas, o poliéster reciclado reduz o desperdício e reduz as emissões de carbono em aproximadamente 30% em comparação com o poliéster virgem. Desde 2010, a Nike evitou que mais de 7 bilhões de garrafas plásticas fossem para os aterros sanitários.

© NIKE

Algodão Sustentável

A meta estabelecida é utilizarem 100% de algodão sustentável até 2020. Isso significa utilizar algodão orgânico certificado, reciclado e licenciado pela Better Cotton Initiative (BCI). Esses materiais usam menos água e menos produtos químicos, melhoram as práticas agrícolas fornecendo a mesma (ou melhor) qualidade do que o algodão convencional.

© NIKE

Misturas sustentáveis

Combinando poliéster reciclado e algodão orgânico a Nike desenvolveu um material que reduz as emissões de carbono e utiliza menos água e produtos químicos do que as misturas de poliéster virgem com algodão convencional.

© NIKE

Guia de Design Circular

Finalizando este post, a Nike também deu início a um diálogo com a comunidade global de design. Esse diálogo toma forma através de um guia, o Circularity – Guiding the Future of Design. O objetivo é fornecer aos designers e criadores de produtos em todo o setor uma linguagem comum para circularidade. O guia foi criado em colaboração com os alunos e funcionários da Central Saint Martins, Universidade de Artes de Londres e com inspiração na Global Fashion Agenda. O guia pode ser visto e baixado no link abaixo:

https://www.nikecirculardesign.com/

© NIKE

 

POST(S) RELACIONADO(S):

Nike – Space Hippie

Download Best WordPress Themes Free Download
Premium WordPress Themes Download
Download Nulled WordPress Themes
Download WordPress Themes
udemy free download
download redmi firmware
Premium WordPress Themes Download
free online course